Entre os viajantes, há aqueles que decidem fazer um intercâmbio cultural para experimentar um estilo de vida totalmente diferente e ter contato com povos diversos. Estes podem optar por diversos países que oferecem desde uma alimentação exótica até vistas deslumbrantes e inimagináveis. Focando na Ásia, podemos destacar ótimos países que têm se destacado no cenário mundial, como a China, a Coreia e o Japão. Mas o que isso tem a ver com a Argentina que é logo aqui ao lado do Brasil? Na Argentina, toda essa experiência cultural de visitar um pedaço da Ásia torna-se real, pois Buenos Aires se reserva o direito de ter sua própria Chinatown, além de um deslumbrante Jardim Japonês.

Nesta terceira parte da nossa série sobre Buenos Aires, Argentina, vamos falar um pouco sobre lugares ideais pra quem deseja conhecer esta parte do mundo sem precisar ir tão longe.

Barrio Chino

20170429_135735Entrada Barrio Chino. Photo By: Rodrigo Tibana

 

Nos dias de hoje podemos contar pelo menos 35 Chinatowns pelo mundo, espalhadas por países na Europa, nas Américas, na Oceania e na própria Ásia – Aqui no Brasil temos o bairro da Liberdade, que atualmente condensa um forte comércio de pessoas vinda do Japão, Coreia do Sul e China, e que iremos abordar mais a fundo nos próximos posts – Sendo assim, dá até pra fazer uma listinha de visitas ao redor do mundo. A Chinatown da Argentina é conhecida pelo nome de Barrio Chino (Bairro Chinês) e é localizado no Bairro Belgrano, área nobre da cidade. A entrada já chama a atenção com um grande portal inspirado na arquitetura chinesa, muito vista em templos e lugares mais tradicionais do país. Ao longo das quatro quadras o visitante tem acesso a uma variada oferta de lojinhas, restaurantes e mercados especializados em culinária oriental. Além da própria culinária chinesa, há também opções de restaurantes taiwaneses, que inclusive foi a real comunidade fundadora do bairro na década de 80. Se você já comprou alguma coisa e já comeu em algum dos coloridos restaurantes, pode imergir um pouco na cultura visitando o templo budista Tzong Kuan localizado na Rua Montañeses. Além disso, se você for em meses específicos dá pra curtir celebrações especiais no bairro: o Ano Novo Chinês é celebrado em Janeiro e o Festival da Lua em Setembro.

DSC_0107Restaurante Taiwanes Photo By: Lucas Rocha

 

Jardín Japones

IMG_0583Ponte Jardín Japones. Photo By: Rodrigo Tibana

 

Indo de encontro à multidão moderna que caminha pelo Bairro Chino, o Jardín Japones já oferece uma atmosfera bem diferente. Situado no Bairro de Palermo, o magnífico jardim foi construído em 1967 em ocasião da visita do então príncipe-herdeiro do Japão, atual imperador Akihito. A entrada é paga (ARS 95, cerca de R$ 20) e todo o valor é revertido na manutenção do local.

Com o ambiente bem harmonioso o parque é pra ser conhecido aos poucos. A natureza é bem presente por conta das árvores e das plantas originárias do Japão (como a Sakura, e as azaleias) que se misturam a estátuas, pontes e construções típicas do Japão mais clássico. Todo o jardim oferece um ambiente calmo de reflexão e faz você acreditar que está passeando por algum lugar no próprio Japão. O visual fica mais emocionante com a presença de um lago repleto de carpas.

Além da natureza clássica o local possui um prédio principal aos moldes das casas antigas japonesas. Lá dentro é possível ter acesso a oficinas regulares (como meditação e cultivo de bonsais), exposições, uma biblioteca e um restaurante. Pra quem nunca foi ao Japão ou já foi e sente saudades, essa parada é obrigatória.

IMG_0614Portal De La Cortesia. Photo By: Rodrigo Tibana

IMG_0585Casa Japonesa Photo By: Rodrigo Tibana

DSC_0068Ponte Jardín Japones Photo By: Lucas Rocha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s